sexta-feira, 13 de março de 2009

Afeições Religiosas

Baseado nas palestras sobre o livro "Religious Affections" de Jonathan Edwards.

Para falar sobre afeições, temos primeiro que esquecer o nosso atual conceito de afeições. Com afeições religiosas Edwards quer falar sobre "os execícios mais vigorosos e evidentes da inclinação e vontade da alma". Edwards baseia toda sua tese no texto de 1 Pedro 1:8 "...A quem, não havendo visto, amais; no qual, não vendo, agora, mas crendo, exultais com alegria indizível e cheia de glória, ...". Mas o que vem a ser estas afeições? O que ele quer dizer é que o crente maduro, deve ter afeições santas. Essas afeições são aquelas provocadas pelo zelo por Deus. São estas afeições que faz com que os verdadeiros cristão amem mais a Deus do que o pecado, amem a Deus e odeiem o pecado. Para resumir a idéia em comparação com o texto bíblico escolhido por Edwards, vale deixar uma frase colocada pelo palestrante, Dr. Craig Muri: "O cristão ama o Deus que não vê e se regozija com a promessa que não recebeu."

Um aspecto interessante da obra Religious affections é parte onde Edwards fala sobre os indícios de um verdadeiro cristianismo. Ele nos mostra doze indícios falsos e doze verdadeiros. Quero ressaltar o fato de que, os indícios falsos são os que são mais visto nas pessoas hoje e que, eles também podem ser indícios verdadeiros de uma verdadeira religião. Indícios tais como: o fervor na adoração, muitos verso bíblicos na memória, um zelo aparente por Deus, falar bem sobre coisas espirituais, tudo isso nós podemos ver em pessoas espirituais, mas nem sempre estas coisas são indícios de verdadeiro cristianismo ou que temos afeições religiosas. Mas muitas vezes é como nós mais julgamos ou rotulamos as pessoas de crentes ou não crentes. Mas algo interessante que é colocado por Edwards e que foi muito salientado pelo Pr. Craig é que, não importa o tempo que passemos com as pessoas, nunca poderemos realmente dizer se elas são ou não verdadeiros cristãos.

Que nossas afeições por Deus seja de tal forma, que possam ser consideradas santas, zelosas, aprovadas por Deus. Que possamos nos alegrar no Deus que não vemos e amá-lo com verdadeira afeição.

3 comentários:

  1. Realmente, dou graças a Deus de que não sou eu que vou julgar as pessoas quanto a sua salvação.

    Acho interesante que o próprio Charles Darwin teve várias passagens bíblicas decoradas, e nem por isso passou a ser crente em Jesus Cristo.

    ResponderExcluir
  2. Gostei do novo visual.

    ResponderExcluir
  3. Olá Neto!!!Chamo-me Daniele Queiroz,sou ex-aluna do SBC e amiga do Pr.André e Itaciara!!Seu Blog tem um titulo interessante q o faz atraente!!Fiz a leitura deste e achei bem simplificada a sua exposição do tema "Afeições Religiosas" do livro de Jonathan Edwards e do Pr. palestrante!Bom para quem ainda assim como eu não teve a oportunidade de lê-lo!É mesmo uma boa iniciativa a idéia do Blog!!!Parabéns!!

    ResponderExcluir